quarta-feira, novembro 20, 2019

O CEO do Club Med, Henri Giscard D’Estaing, revelou planos ambiciosos de expansão e renovação. “A intenção é inaugurar cinco resorts e renovar outros cinco por ano durante os próximos cinco anos”, afirmou o executivo. As informações são do Travel Weekly.

Entre os resorts que passaram ou passarão por renovação este ano estão o Club Med Turkoise, em Turks & Caicos, que ganhou reparos devido aos furacões do ano passado e ainda ganhou novos quartos com varandas, adega e área de bem-estar; o Club Med Guilin, na China, que ganhou um complexo esportivo coberto de dois andares; o Club Med Bucaneer’s, em Martinica, que terá seu principal restaurante renovado e o outro transformado em um lounge na praia; o Club Med Cancun Yucatan, que completará um programa de expansão com 60 novos quartos familiares e uma nova piscina em julho; e o Club Med Kani, nas Maldivas, que receberá um novo centro de mergulho.

Já entre as inaugurações da rede hoteleira em 2018 há o Club Med Cefalu, na Sicília (Itália), a ser inaugurado no verão europeu com 300 quartos, spa, três restaurantes, três bares e atividades esportivas; o Les Arcs Panorama, estância de esqui em Sabóia, na França, será inaugurado em dezembro; e, também no final do ano, o Club Med Joyview, que abrirá suas portas na província de Hebei, na China.

O projeto Joyview é um teste do Club Med para entrar no mercado chinês. Outras inaugurações previstas são o Club Med Ho Tram, no Vietnã, em 2021; o Club Med Lombok, na Indonésia, em 2019; o Club Med Ceylon, no Sri Lanka, em 2019; um resort ainda não nomeado nas Ilhas Seychelles em 2020 e uma estância de esqui em Quebec, Canadá, em 2020.

A única renovação já planejada pela rede é para o Club Med La Pointe aux Canonizers, na Maurícia.

Fonte: Panrotas

This is a Sidebar position. Add your widgets in this position using Default Sidebar or a custom sidebar.