quarta-feira, novembro 20, 2019

Os primeiros 45 alunos do programa ‘Profissão Cidadão São Paulo’ receberam hoje (11) os certificados de conclusão dos cursos de Camareiro, Bartender e Garçom na Escola de Hotelaria, Gastronomia e Hotelaria João Dória Júnior, instalada na CNTur (Confederação Nacional de Turismo).

O presidente do SindResBar, Wilson Luiz Pinto recepcionou os alunos e familiares. Além deles, estiveram presentes na cerimônia o subsecretário de Relações Governamentais da Prefeitura, Milton Flávio, a secretária adjunta de Trabalho e Empreendedorismo, Juliana Ribeiro, o assessor de gabinete da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, César Hernandes, o prefeito Regional de Santo Amaro, Roberto Arantes, a professora do Centro Paula Souza, Clara Magalhães, a professora Marina Gimenez, representando os professores da carreta móvel Via Rápida Emprego, e o diretor do SindHotéis, Ivan Baldini.

Na primeira turma, participaram moradores da região da Prefeitura Regional de Santo Amaro. O prefeito Regional daquela localidade disse ter ficado feliz em ter sido o primeiro local escolhido para a formação dos alunos e que a qualificação é um passo importante para diminuir o número de desemprego no país.

O principal objetivo do programa é promover a inclusão social, por meio de qualificação técnica que promova oportunidades no mercado de trabalho. O ‘Profissão Cidadão São Paulo’, lançado em 4 de julho, é um programa da Prefeitura em parceria com o governo estadual, que vai criar, inicialmente, 3500 vagas de capacitação para jovens e adultos. Os cursos tiveram início em julho e são certificados pelo Centro Paula Souza.

O presidente do SindResBar falou sobre a parceria da entidade com a Prefeitura para que os alunos sejam encaminhados ao mercado de trabalho e da continuidade do aperfeiçoamento.

“Aqui na Escola de Gastronomia e Hotelaria João Dória Júnior temos cursos constantes para o aperfeiçoamento de vocês. E é importante que vocês passem sempre por essa renovação, porque o mercado de turismo cresce diariamente. E vocês fazem parte dele agora”, disse.

Ele também lembrou que, na Convenção Coletiva de 2017, consta uma cláusula em que se dá um dia de folga para as camareiras em razão do Dia Nacional da Camareira. 

Dos 45 alunos que se formaram, três delas vieram da Angola e moram há um ano no Brasil. Mayela Mbumba, Nzuzi Lema e Emília Eduardo Biquete fizeram o curso de camareira e estão animadas com a oportunidade em trabalhar em hotéis brasileiros.

Na cerimônia de entrega dos certificados, o professor Celso dos Santos Silva, presidente da Cozinheiros Sem Fronteiras Brasil e vice-presidente da Aregala Internacional (Associação de Restaurantes Gastronômicos das Américas e do Mundo), falou aos formandos sobre “Mercado de Trabalho, Empregabilidade Carreira e Negócios”.

A iniciativa conta com parceria com governo do Estado, Sebrae, iniciativa privada e terceiro setor. A participação das Prefeituras Regionais é importante, já que são elas as responsáveis em divulgar o projeto nas comunidades, identificar e indicar as pessoas que realmente estejam interessadas em participar dos cursos. Isso permite o aperfeiçoamento das atividades econômicas locais e o desenvolvimento de cada região. Os interessados em participar devem se inscrever na Prefeitura Regional de seu bairro, de acordo com as vagas.

Parceiros no projeto
Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia Inovação e do Centro Estadual de Educação e Tecnologia Paula Souza.
Prefeitura de São Paulo representando as Secretarias: Relações Governamentais, Prefeituras Regionais, Trabalho e Empreendedorismo – pelo Ciec (Centro de Interação da Economia Criativa), Educação – pela Coordenadoria do CEU, Assistência e Desenvolvimento Social, Inovação e Tecnologia, Verde e Meio Ambiente, Cultura, Direitos Humanos, Prodam e Cohab.
Sebrae, ABE (Associação Brasileira dos Estudantes), DLB Tecnologia, Acorsp-SP (Associação de Comida e Bebida de Rua do Estado de São Paulo), SindHotéis (Sindicato das Empresas de Hotelaria e Estabelecimentos de Hospedagem do Município de São Paulo), Fhoresp (Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo), SindResBar (Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo) e Sindipan (Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de São Paulo).

This is a Sidebar position. Add your widgets in this position using Default Sidebar or a custom sidebar.